Celular de Paulo Guedes é hackeado

Informação foi confirmada pelo Ministério da Economia; chefe da pasta é segundo ministro de Bolsonaro alvo de invasores

BRASÍLIA — O ministro da Economia, Paulo Guedes , teve o celular hackeado , na noite desta segunda-feira. A informação foi confirmada pela assessoria do Ministério da Economia.

Por volta de 22h30, o telefone do ministro entrou para o aplicativo de mensagens Telegram. Depois, a assessoria de Guedes informou que o ministro teve o celular clonado.

O ministro da Economia disse ao colunista do GLOBO Lauro Jardim que não entrou no aplicativo e chamou os responsáveis pela invasão de “bandidos” .

Guedes é o segundo ministro do governo a ser alvo de hackers. Antes dele, o ministro da Justiça, Sergio Moro, relatou que o celular foi invadido.

Mais:  https://oglobo.globo.com/brasil/celular-de-paulo-guedes-hackeado-23825780

 

Mais do que uma solução tecnológica, somos uma decisão estratégica para as organizações.

Nossa missão é redefinir a relação das empresas com a cibersegurança e a experiência dos usuários no processo de autenticação e acesso a ativos tecnológicos.